Alertas

08/10/2018

Números atualizados do surto de sarampo

O Ministério da Saúde atualizou, na quarta-feira (03), as informações repassadas pelas secretarias estaduais de saúde sobre a situação do sarampo no país. Até o dia 1º de outubro, foram confirmados 1.935 casos. Atualmente, o país enfrenta dois surtos de sarampo: no Amazonas são 1.525 casos e 7.873 em investigação, e em Roraima, com o registro de 330 casos da doença, sendo que 101 continuam em investigação.

Os surtos estão relacionados à importação, já que o genótipo do vírus (D8) que está circulando no país é o mesmo que circula na Venezuela, país que enfrenta um surto da doença desde 2017. Alguns casos isolados e relacionados à importação foram identificados nos estados de São Paulo (3), Rio de Janeiro (18); Rio Grande do Sul (33); Rondônia (3), Pernambuco (4), Pará (14), Distrito Federal (01) e Sergipe (4).

O Ministério da Saúde permanece acompanhando a situação e prestando o apoio necessário aos Estados. Cabe esclarecer que as medidas de bloqueio de vacinação, mesmo em casos suspeitos, estão sendo realizadas em todos os estados.

Até o momento, no Brasil, foram confirmados 10 óbitos por sarampo, dos quais 4 no estado de Roraima (3 em estrangeiros e 1 em brasileiro), 4 no estado do Amazonas (todos brasileiros, 2 do município de Manaus e 2 do município de Autazes) e 2 no Pará (indígena venezuelano).

CAMPANHA DE VACINAÇÃO SARAMPO


O Brasil ultrapassou a meta de vacinar, pelo menos, 95% das crianças de um a menores de cinco anos contra poliomielite e sarampo. O balanço divulgado na quarta-feira (03/10) mostra que a Campanha Nacional de Vacinação, encerrada no dia 14/09, registrou uma cobertura vacinal de 97,9% para a pólio e de 97,7% para sarampo. Mais de 4,6 mil municípios cumpriram a meta estipulada pelo Ministério da Saúde. Segundo o Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunização (SI-PNI), alimentado pelos estados, foram aplicadas no país 21,9 milhões de doses das vacinas (10,7 milhões de cada). Quinze estados atingiram a meta para as duas vacinas. Outros dois, São Paulo e Tocantins, conseguiram o índice na vacinação de pólio.

Fonte: MInistério da Saúde

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.