Alertas

26/03/2018

Febre Amarela no Brasil

O Ministério da Saúde atualizou na quarta-feira (21) as informações repassadas pelas secretarias estaduais de saúde sobre a situação da febre amarela no país.

No período de monitoramento 2017/2018 (julho/2017 a junho/2018), até a SE 11/2018, foram notificados 4.102 casos humanos suspeitos de FA, dos quais 2.150 foram descartados, 854 permanecem em investigação e 1.098 foram confirmados. Do total de casos confirmados, 340 evoluíram para o óbito (letalidade de 31,0% [340/1.098]). A maior parte dos casos confirmados foi notificada na região Sudeste (99,9% [1.097/1.098]).




EPIZOOTIAS


No período de monitoramento 2017/2018 (julho/2017 a junho/2018), até a semana epidemiológica (SE) 11, foram notificadas ao Ministério da Saúde 5.248 epizootias em PNH, das quais 1.121 foram descartadas, 1.903 foram indeterminadas (s/ coleta de amostras), 1.594 permanecem em investigação e 630 foram confirmadas por FA (por laboratório). Foram registradas epizootias de PNH confirmadas no Tocantins [2]; no Mato Grosso [1]; no Espírito Santo (1); no Rio de Janeiro [30], em Minas Gerais [93] e em São Paulo [503], com o maior número de epizootias confirmadas na região Sudeste (99,5%; 627/630).

VACINAÇÃO CONTRA A FEBRE AMARELA


Está em andamento uma Campanha de Vacinação contra Febre Amarela, em 77 municípios selecionados dos estados da BA, SP e RJ, a saber: 8 municípios (BA); 54 municípios (SP) e 15 municípios (RJ). Essa campanha tem o objetivo de proteger o maior número de pessoas contra a doença para evitar a circulação e expansão do vírus. A meta é alcançar cobertura vacinal de pelo menos 95% da população elegível, cerca de 22,7 milhões de pessoas. O público-alvo para vacinação é constituído por pessoas a partir de 9 (nove) meses de idade, sem comprovação de vacinação, residentes nos municípios definidos. A campanha teve início no dia 25 de janeiro
nos estados do RJ e SP e no estado da BA iniciou no dia 19 de fevereiro. O estado da BA encerrou a Campanha dia 09 de março, SP encerrou dia 16 de março e RJ está com a Campanha em curso, no entanto, as ações de vacinação continuam visando garantir o alcance da meta estabelecida.






 

 


 
 

Fonte: Ministério da Saúde

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.